segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Servidores do município devem paralisar atividades por reajuste salarial

Promovida pela diretoria do sindicato dos servidores públicos do município, em assembleia realizada ficou decidido por unanimidade dos presentes uma paralisação geral na próxima quinta-feira dia 29 de agosto. Na pauta de reivindicações da entidade, reajuste salarial, restante do pagamento de novembro e dezembro de 2012, entre outros direitos. A paralisação de acordo com os servidores representados pela entidade deve-se aos prazos não cumpridos pela gestão na resolução dos direitos constitucionais.

SESSÃO DA CÂMARA SEGUE EM RITMO DE IMBROMEYCHION

Quem de repente não souber em que rádio está sintonizando e por um acaso parar na 104,9 as segundas -feiras à noite pensa que está acontecendo uma transmissão de alguma venda, leilão de alguma coisa ou ainda um debate de pessoas ensaiando um apresentação teatral cômica bem nordestina. Só não pode ser, uma transmissão de sessão de câmara. Ei bichim para ai, gargalhadas, trapalhadas, parece que atores comediantes estão se apresentando na câmara de vereadores. Cada termo, cada dúvida, cada pergunta, cada discussão e cada surdo-mudo e cada vereador mais perdido do que cego em tiroteio. Falta aos nobres vereadores mais perícia, mais técnica e mais conhecimento sobre o regimento interno, falta estudo sobre a operacionalidade do poder legislativo quanto a sua funcionalidade constitucional. Nas últimas sessões, a imbromação é grande, as discussões infrutíferas frente a relevante reforma da lei orgânica do  município. Vereadora ler de um lado, vereadora ler do outro, vereador contesta, o outro atropela, vereador pede silêncio, outro faz barulho. Parece mais uma brincadeira de menino do buchão. Para uma matéria de suma importância os edis deveriam formar uma comissão e fora do expediente da sessão sublinhar os parágrafos e incisos questionáveis e complexos para posterior apreciação dos vereadores, o que abreviaria o trabalho e não consumia tantas sessões. As ordinárias seriam exclusivamente para deliberar, projetos, requerimentos, etc, matérias de interesse da coletividade. Porém, ainda continuo acreditando que trata-se apenas de uma fase da aclimatamento e nas próximas sessões os nossos representantes possam surpreender e apresentar resultados bem melhores quanto as suas produtividades. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário