domingo, 31 de agosto de 2014

PARA ZÉ DIRCEU, MARINA SILVA “É O LULA DE SAIAS”

BRASIL 247 – O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu tem feito a seguinte análise sobre a ex-senadora e agora candidata à Presidência da República Marina Silva: "Ela é o Lula de saias". O relato é do jornalista Fernando Rodrigues, colunista da Folha e do Uol (leia aqui).
Segundo ele, Dirceu vê um cenário eleitoral bastante consolidado para as eleições, com a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, no segundo turno com Marina Silva. Depois, vitória da candidata do PSB.
Em sua interpretação, Marina tem a força do ex-presidente Lula em 2002, quando houve uma união entre a origem humilde do candidato com o desejo de mudança da população. De acordo com o jornalista, Dirceu acredita que Dilma tomou decisões erradas ao não construir pontes com a sociedade e ao não chamar Lula para ajudá-la.

NUM 2º TURNO MARINA BATE DILMA: 10 PONTOS DE DIFERENÇA

Portal G1
A pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. Mas na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%. Marina então venceria Dilma com a diferença folgada de dez pontos.
A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.
No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.
Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):
Dilma Rousseff (PT): 34%
Marina Silva (PSB): 34%
Aécio Neves (PSDB): 15%
Pastor Everaldo (PSC): 2%
José Maria (PSTU): 0% *
Eduardo Jorge (PV): 0% *
Luciana Genro (PSOL): 0% *
Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
Eymael (PSDC): 0% *
Levy Fidelix (PRTB): 0% *
Mauro Iasi (PCB): 0% *
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 7%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

- Dilma Rousseff: 27%
- Marina Silva: 22%
- Aécio Neves: 10%
- Outras respostas: 3%
- Em branco/nulo/nenhum: 3%
- Não sabe: 32%

Segundo turno
Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

- Marina Silva: 50%
- Dilma Rousseff: 40%
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 3%

- Dilma Roussef: 48%
- Aécio Neves: 40%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 4%

O Datafolha não realizou simulação de segundo turno entre Marina e Aécio.
Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

- Dilma Roussef: 35%
- Pastor Everaldo: 23%
- Aécio Neves: 22%
- Zé Maria: 18%
- Eymael: 17%
- Levy Fidelix: 17%
- Rui Costa Pimenta: 16%
- Luciana Genro: 15%
- Marina Silva: 15%
- Eduardo Jorge: 14%
- Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 35% dos entrevistados – no levantamento anterior, eram 38%. O índice se refere aos entrevistados que classificaram o governo como 'ótimo' ou 'bom'.

Os que julgam o governo 'ruim' ou 'péssimo' eram eram 23% e agora são 26%, segundo o Datafolha. Para 39%, o governo é 'regular' – 38% no levantamento anterior.
- Ótimo/bom: 35%
- Regular: 39%
- Ruim/péssimo: 26%
- Não sabe: 1%

A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 5,9 – na pesquisa anterior, foi 6,0.

Pra salvar a mãe não existe limite

Filho oferece R$ 50 na Web, em troca de sangue para sua mãe com câncer

     

 
O jovem Everton Lima Rocha, 27 anos, surpreendeu os amigos do Facebook nesta semana ao postar um pedido nada convencional. Para ajudar a arrecadar bolsas de sangue para a mãe que está com câncer, ele ofereceu R$ 50 em troca da doação. “Quis facilitar para o doador e foi a primeira ideia que veio na cabeça”, conta.
A postagem chamou atenção de quatro pessoas que se dispuseram a ajudar. Everton conta que apenas um dos doadores aceitou a quantia oferecida. Segundo o jovem, a intenção do pagamento era custear as despesas da locomoção e as horas perdidas de trabalho. “Conseguir algumas horas no trabalho para doar é muito difícil, é uma forma de compensar quem ajudasse”, ressaltou.
Na opinião de Everton, iniciativas como a dele acabam sendo necessárias devido à visão deturpada dos patrões. “Para muitos, os funcionários só doam sangue para não trabalhar e encarar dessa forma acaba prejudicando as doações”, explica. Para ele, o estímulo ao ato de doar deveria partir dos próprios chefes. “É questão de humanidade, não custa liberar um funcionário um dia para ajudar”, afirmou.
Internada há 20 dias no Hospital do Câncer, em Campo Grande, Rosiley Santana de Alcântara Lima, 48 anos, precisa de pelo menos três bolsas de sangue tipo O negativo, considerado o mais raro. Ela luta há dois anos contra um câncer no abdômen e precisa, no momento, se fortalecer para retornar com o tratamento de quimioterapia. “Nunca tinha me dado conta sobre a importância de doar sangue até precisar, nunca nem tinha doado, hoje em dia encaro de outro jeito tudo isso”, revela Everton.
Por enquanto, quatro pessoas doaram, mas ainda não é certo se elas são do mesmo grupo sanguíneo. Então, o filho esperançoso segue com a oferta. Aceitá-la ou não, ai depende do tamanho da bondade de cada um.

 Fonte: Diário Digital

A verdade por trás de ‘Maria Bonita’, a mulher do cangaceiro Lampião

    

IMG_7714-thumb-600x402-74723
Aos 18 anos, Maria Gomes conheceu Lampião, um caboclo alto, corcunda, manco e caolho. Curiosamente, o apelido pelo qual ficou conhecida não surgiu no Sertão, mas no meio urbano do Rio de Janeiro, em 1937, inventado por jornalistas
 
Ano de 1929, município de Jeremoabo, Sertão da Bahia. Lampião era um caboclo alto, um tanto corcunda, cego do olho direito, óculos ao estilo professor, manco de um pé (baleado três anos antes), com moedas de ouro costuradas na roupa. Exalava mistura forte de perfume francês com suor acumulado de muitos dias. O cangaceiro podia até não preencher os requisitos de um bom partido, mas foi com esses atributos que conquistou a futura mulher, filha de casal com uma dezena de filhos.
Maria Gomes Oliveira tinha 18 anos quando subiu na garupa do cavalo de Virgulino Ferreira da Silva. Corpo bem feito, olhos e cabelos castanhos, um metro e cinquenta e seis de altura, testa vertical, nariz afilado. Era bonita, habilidosa na costura (assim como era Lampião) e adorava dançar. Foi o suficiente para Virgulino quebrar a tradição do cangaço e permitir o ingresso de uma mulher nos bandos, o que abriu precedente para várias outras.
Curiosamente, ela nunca foi conhecida como “Maria Bonita”. Segundo o historiador Frederico Pernambucano de Mello, o “nome de guerra” não surgiu no Sertão, mas no meio urbano do Rio de Janeiro, em 1937, por meio do uma “conspiração” de jornalistas. A partir dali, tomou conta do Brasil.
MARIA_BONITA_III_ABA-thumb-600x810-74727
Até então, a mulher de Lampião era chamada de Rainha do Cangaço, Maria de Dona Déa, Maria de Déa de Zé Felipe ou Maria do Capitão. O nome definitivo surgiu inspirado em um romance de 1914, Maria Bonita, de Júlio Afrânio Peixoto, adaptado para o cinema 23 anos depois. Vários repórteres chegaram ao consenso para padronizar a informação disseminada pelos jornais impressos.
Nos três primeiros anos, de 1929 a 1932, as mulheres do cangaço ficavam reclusas no Raso da Catarina, refúgio no nordeste da Bahia. Quando, enfim, foram autorizadas a acompanhar os bandos de cangaceiros, passaram a conviver com a elite sertaneja, esposas e filhas de coronéis poderosos.
a_lenda_de_lampiao_e_maria_bonita_continua_h__2013-10-29172731-thumb-600x385-74729
“Disso resulta o aprimoramento da estética presente em trajes e equipamentos, além do aburguesamento de maneiras. A máquina de costura, o gramofone, a lanterna elétrica portátil – e logo, a filmadora alemã e a câmera fotográfica, pelas mãos do libanês Benjamin Abrahão – chegam ao centro da caatinga, amenizando os esconderijos mais seguros, levados pelos coiteiros”, destaca Frederico Pernambucano de Mello.
 

Fonte: Diário de Pernambuco

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Justiça proíbe participação de servidores na campanha de Camilo e Mauro

a boa cadeia
Decisão do desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, da Corregedoria Regional Eleitoral, atendeu nesta quinta-feira, 28, pedido da coligação “Ceará de Todos”, encabeçada pelo senador Eunício Oliveira (PMDB) e pelo ex-governador Tasso Jereissati (PSDB), em que denuncia a convocação de servidores públicos pelo governo do Estado nos eventos de campanha eleitoral do candidato ao governo do Estado, Camilo Santana (PT), de vice, Izolda Cela (Pros), e do senado, Mauro Filho (Pros).
Caso comprovada, a ação se caracteriza, segundo o desembargador, por abuso de poder econômico ou do poder de autoridade do governador Cid Gomes (Pros).
Após notificação, a coligação terá um prazo de cinco dias para se defender e apresentar provas. O POVO Online tentou contato com a assessoria da coligação “Para o Ceará seguir mudando”, mas até o fechamento desta matéria as chamadas não foram atendidas.
Ex-aliados
A campanha no Ceará ganha novo tom após ajuizamento de denúncia da coligação do governador Cid por parte do ex-aliado Eunício Oliveira. Após o início do horário eleitoral no rádio e na televisão, o senador tenta consolidar o discurso de oposição com fortes críticas à gestão de Cid à frente do governo estadual por quase 8 anos.
A negativa do governador em bancar a candidatura do peemedebista uniu Eunício ao ex-aliado dos irmãos Gomes, Tasso Jereissati (PSDB).
Redação O POVO Online

Agenda dos candidatos ao governo do estado pra esta sexta

a boa candidatos oficial
Ailton Lopes (Psol)
  • 8h – Debate com os fazendários (AUDITECE, Sintaf, Uffec e Aafec)
  • 14h30 – Panfletagem em frente a Grendene (Barra do Ceará)
  • 19h – Mesa debate sobre a questão LGBT
Camilo Santana (PT)
  • 9h – Caminhada em Aurora
  • 11h – Carreata em Barro
  • 15h – Carreata em Farias Brito
  • 17h – Caminhada em Várzea Alegre
Eliane Novais (PSB)
  • 8h – Visita e panfletagem no Mercado Municipal de Caucaia
  • 12h – Encontro promovido pela Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza – AJE
  • 17h30 – Encontro com servidores da Educação
  • 20h – Panfletagem no XV Festival do Escargot & Frutos do Mar na Taíba
Eunício Oliveira (PMDB)
  • 9h – Caminhada em Acopiara
  • 17h – Carreata e comício em Quixelô
  • 20h – Caminhada em Várzea Alegre

Incrível! Criança de 10 anos economiza e compra o primeiro carro



O menino guardou as economias durante três anos...


Depois guardar o dinheiro que ganhava do pai e dos parentes, Thiago Morales Berce, de 10 anos, acabou de comprar seu primeiro carro, um Fusca ano 1976. O menino, que mora com a família em Assis Chateaubriand, economizou durante três anos para conseguir realizar o sonho de comprar o veículo.

“Quando o meu pai tinha 13 anos comprou o primeiro Fusca dele. E eu sempre gostei de Fusca e falava para ele que também queria o meu, então ele falou assim: 'Se você juntar dinheiro, você vai conseguir comprar'. E eu comecei a poupar desde os meus sete anos”, conta o garoto.

O pai, Valdir de Souza Berce, é empresário na cidade e diz que sempre ensinou o filho a economizar.

“A gente sempre ensinou ele e a irmã que a gente só tem as coisas quando trabalha e guarda dinheiro. Faz parte da educação deles”, diz.

Valdir também abriu uma conta poupança no banco para que o filho guardasse o dinheiro.

“Sempre que meu pai saía da loja, sobravam moedas no bolso ele me dava, meus primos, primas, todomundo me ajudou. Minha avó me dava notas de R$ 10 ou R$ 20 e falava ‘compra o que você quiser’, mas eu colocava tudo no banco”, lembra.

O carro custou R$ 2,5 mil e foi comprado sem Thiago saber.

“Ele sempre me perguntava se o dinheiro no banco já dava o valor para comprar o Fusca e quando eu vi que tinha o necessário fui lá e comprei”, conta o pai.

“Meu pai pegou o dinheiro quando eu estava na escola e comprou o Fusca. Quando cheguei ele falou ‘olha que fusca bonito do outro lado da rua, vamos lá ver?’ Quando chegamos perto ele me entregou a chave e disse que era meu. Fiquei muito feliz”, recorda o menino.

As informações são do Aqui Agora.Net.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

População do Ceará chega aos 8,84 milhões, segundo estimativa do IBGE. Nova Russas possui 31.783 habitantes


A população do Ceará chegou aos 8.842.791, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quinta-feira (28), no Diário Oficial da União. A data de referência do levantamento é o dia 1º de julho de 2014.

O Estado possuía 8.778.575 habitantes, de acordo com dados divulgados em agosto do ano passado pelo órgão, o que representa um crescimento populacional de 0,72%, com 64.216 pessoas a mais.

Ceará segue como 8º mais populoso

O estado de São Paulo permanece sendo o mais populoso do Brasil, com 44.035.304 habitantes, seguido por Minas Gerais, com 20.734.097; e Rio de Janeiro com, 16.461.173. Em seguida, aparece Bahia, com 15.126.371; Rio Grande do Sul, com 11 . 207 . 274; Paraná, com 11 . 081 . 692 e Pernambuco, com 9.277.727.

O Ceará, portanto é o 8º estado mais populoso do Brasil e o 3º do Nordeste. O que aparece no levantamento com a menor população é o estado do Amapá, com 750.912 habitantes. O Brasil possui uma população total estimada em 202.768.562 pessoas, segundo o IBGE.

Em tempo

O município de Nova Russas, localizado na região Cento Oeste do Ceará, possui conforme dados divulgados hoje, 31.783 habitantes

Seguro DPVAT pagou mais de 340 mil indenizações no primeiro semestre

No primeiro semestre de 2014, o Seguro DPVAT pagou, no País, 340.539 indenizações, ou 14% a mais em relação ao mesmo período de 2013. As indenizações por morte caíram 13%, e as por invalidez subiram 21%. A informação é da seguradora Líder-DPVAT, administradora do seguro de trânsito obrigatório. Acidentes com motociclistas representaram 75% das indenizações; e, os com automóveis, 23%.

Fonte: Estadão

NENÉM DO CAZUZA COM CANDIDATURA OTIMISTA PARA FEDERAL

O candidato a deputado federal, Neném do Cazuza (ex-prefeito de Ipueiras), toca sua campanha com otimismo. Líder político dos mais consolidados em sua Região e com total aval do grupo Ferreira Gomes, em diversas áreas do Ceará, Neném é o candidato a federal do PROS da Ibiapaba e Sertão de Crateús.
Na noite de ontem (26) o candidato Neném do Cazuza (Pros) ao lado de sua comitiva de Ipueiras que reunia o prefeito Raimundo Mariano e sua bancada de vereadores prestigiou o encontro liderado pelo Secretário Ciro Gomes (Saúde) em Tianguá, pró-Camilo Santana.
Em tempo: Eleito prefeito em 2004 e reeleito em 2008, Neném (Pros) é político e empresário correto e respeitado
 Fonte - Sobral de prima

Recebi por email

Segue abaixo o relato de uma pessoa que passou recentemente em um concurso público federal e foi trabalhar em Roraima. Trata- se de um Brasil que a gente não conhece.. 

As duas semanas em Manaus foram interessantes para conhecer um Brasil um pouco diferente, mas chegando em Boa Vista (RR) não pude resistir a fazer um relato das coisas que tenho visto e escutado por aqui.
Conversei com algumas pessoas nesses três dias, desde engenheiros
até pessoas com um mínimo de instrução.

Para começar, o mais difícil de encontrar por aqui é roraimense. Pra falar a verdade, acho que a proporção de um roraimense para cada 10 pessoas é bem razoável, tem gaúcho, carioca, cearense, amazonense, piauiense, maranhense e por aí vai. Portanto, falta uma identidade com a terra.
Aqui não existem muitos meios de sobrevivência, ou a pessoa é funcionária pública, (e aqui quase todo mundo é, pois em Boa Vista se concentram todos os órgãos federais e estaduais de Roraima, além da prefeitura é claro) ou a pessoa trabalha no comércio local ou recebe ajuda de Programas do governo.

Não existe indústria de qualquer tipo. Pouco mais de 70% do território roraimense é demarcado como reserva indígena, portanto restam
apenas 30%, descontando- se os rios e as terras improdutivas que são muitas, para se cultivar a terra ou para a localização das próprias cidades.
Na única rodovia que existe em direção ao Brasil (liga Boa Vista a Manaus, cerca de 800 km ) existe um trecho de aproximadamente 200 km reserva indígena (Waimiri Atroari) por onde você só passa entre 6:00 da manhã e 6:00 da tarde, nas outras 12 horas a rodovia é fechada pelos índios (com autorização da FUNAI e dos americanos) para que os mesmos não sejam incomodados.

Detalhe: Você não passa se for brasileiro, o acesso é livre aos americanos, europeus e japoneses. Desses 70% de território indígena, diria que em 90% dele ninguém entra sem uma grande burocracia e autorização da FUNAI.

Outro detalhe: americanos entram à hora que quiserem. Se você não tem uma autorização da FUNAI mas tem dos americanos então você pode entrar. A maioria dos índios fala a língua nativa além do inglês ou francês, mas a maioria não sabe falar português. Dizem que é comum na entrada de algumas reservas encontrarem- se hasteadas bandeiras americanas ou inglesas. É comum se encontrar por aqui americano tipo nerd com cara de quem não quer nada, que veio caçar borboleta e joaninha e catalogá-las, mas no final das contas, pasme, se você quiser montar uma empresa para exportar plantas e frutas típicas como cupuaçu, açaí, camu-camu etc., medicinais ou componentes naturais para fabricação de remédios,
pode se preparar para pagar 'royalties' para empresas japonesas e americanas que já patentearam a maioria dos produtos típicos da Amazônia...
Por três vezes repeti a seguinte frase após ouvir tais relatos:
 Os americanos vão acabar tomando a Amazônia. E em todas elas ouvi a mesma resposta em palavras diferentes.. Vou reproduzir a resposta de uma senhora simples que vendia suco e água na rodovia próximo de Mucajaí:
'Irão não minha filha, tu não sabe, mas tudo aqui já é deles, eles comandam tudo, você não entra em lugar nenhum porque eles não deixam. Quando acabar essa guerra aí eles virão pra cá, e vão fazer o que fizeram no Iraque quando determinaram uma faixa para os curdos onde iraquiano não entra, aqui vai ser a mesma coisa'
.

A dona é bem informada não? O pior é que segundo a ONU o conceito de nação é um conceito de soberania e as áreas demarcadas têm o nome de nação indígena. O que pode levar os americanos a alegarem que estarão libertando os povos indígenas. Fiquei sabendo que os americanos já estão construindo uma grande base militar na Colômbia, bem próximo da fronteira com o Brasil numa parceria com o governo colombiano com o pseudo
objetivo de combater o narcotráfico. Por falar em narcotráfico, aqui é rota de distribuição, pois essa mãe chamada Brasil mantém suas fronteiras abertas e aqui tem estrada para as Guianas e Venezuela. Nenhuma bagagem de estrangeiro é fiscalizada, principalmente se for americano, europeu ou japonês, (isso
pode causar um incidente diplomático). Dizem que tem muito colombiano traficante virando venezuelano, pois na Venezuela é muito fácil comprar a cidadania venezuelana por cerca de 200 dólares.
Pergunto inocentemente às pessoas:  porque os americanos querem tanto proteger os índios ?  A resposta é absolutamente a mesma, porque as terras indígenas além das riquezas animal e vegetal, da abundância de água, são extremamente ricas em ouro - encontram-se pepitas que chegam a ser pesadas em quilos), diamante, outras pedras preciosas, minério e nas reservas norte de Roraima e Amazonas, ricas em PETRÓLEO.
Parece que as pessoas contam essas coisas como que num grito de socorro a alguém que é do sul, como se eu pudesse dizer isso ao presidente ou a  alguma autoridade do sul que vá fazer alguma coisa.
É, pessoal... saio daqui com a quase certeza de que em breve o Brasil irá diminuir de tamanho.
Será que podemos fazer
alguma coisa???
Acho que sim.



Mara Silvia Alexandre Costa
Depto de Biologia Cel. Mol. Bioag.Patog. FMRP - USP


quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Agenda dos candidatos ao governo do Estado do Ceará nesta Quarta-feira (27/08)












Ailton Lopes (PSOL)

05h – Panfletagem e conversa com os trabalhadores da Grendene calçados (Crato).

08h – Reunião com apoiadores na cidade de Jardim.

11h – Panfletagem e conversa com os estudantes do Colégio Maria Amélia Xavier (Juazeiro).

15h – Roda de Conversa com juventude na cidade do Crato (Praça Siqueira Campos).

18h – Panfletagem e conversa com os estudantes da Universidade Regional do Cariri (Campus Pimenta – Crato).

19h – Roda de Conversa na comunidade Rabo da Gata (Crato).
Camilo Santana (PT)
 
09h – Reuniões Internas.

19h30h – Encontro com Trade Turístico no Hotel Romanos, em Messejana.

20h – Diálogos na Tenda – “Para avançar na saúde”, no Comitê Central.


Eliane Novais (PSB)

06h30 – Panfletagem na entrada dos trabalhadores da Companhia Siderúrgica do Pecém.

18h – Gravação para programa de TV.

Eunício Oliveira (PMDB)

Assessoria do candidato não informou agenda para quarta-feira.

Quer dinheiro fácil cria um partido !!!!

Política lucrativa



Um dos melhores negócios do mercado brasileiro é ser dono de partido político. Convive-se com 32 deles, dos quais duas dezenas têm bancadas no Congresso. Na essência, diz o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, se transformaram num “agregado de pessoas que querem um pedacinho do orçamento”. Partido político no Brasil se tornou ativo financeiro de alto retorno, sem risco e com recursos públicos garantidos por lei, elaborada e votada pelos próprios interessados.

Em ano de eleição, as doações de empresas representam cerca de 60%das receitas declaradas, mas é do orçamento federal que sai o financiamento das despesas regulares da estrutura e da propaganda partidária (o horário eleitoral gratuito só é gratuito para partidos e candidatos, quem paga a conta é o público, telespectador ou não, via isenção fiscal).

Nunca os partidos brasileiros receberam tanto dinheiro público como neste ano: R$ 313,4 milhões, dos quais 57% já repassados. O Fundo de Assistência Financeira, que sustenta as máquinas partidárias, aumentou184,5% nos últimos dez anos. Seu valor nesse período subiu em ritmo muito acima da inflação, da correção da poupança e do salário mínimo, da valorização da Bolsa de Valores (Ibovespa) e do Certificado de Depósito Bancário (CDB)
Fonte: Jornalista José Casado, O Globo

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Agenda dos candidatos ao governo do Estado do Ceará nesta terça-feira (26/08)











Ailton Lopes (PSOL)
 


08h30 – Panfletagem e conversa com a população na Rua São Pedro (Juazeiro do Norte).


12h30 – Entrevista para programa de Rádio.

14h30 – Visita à Casa São Francisco (abrigo de crianças com câncer) em Barbalha e, em seguida, panfletagem no centro da cidade.

17h – Esquina dos Trabalhadores na Praça da Estação (Juazeiro do Norte).

18h – Panfletagem e conversa com os estudantes da Faculdade Leão Sampaio (Campus Lagoa Seca – Juazeiro do Norte).

21h – Panfletagem e conversa com os estudantes da UFCA (Juazeiro). 

Camilo Santana (PT) 

08h30min – Encontro com o Reitor Jackson Sampaio e Diretoria da Uece.

10h – Reuniões Internas.

20h30min – Diálogos na Tenda - Para avançar com os movimentos sociais e sindicatos.   
 
Eliane Novais (PSB) 

07h – Panfletagem na entrada dos alunos da Estácio FIC – Via Corpvs.

09h – Sessão plenária na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

14h – Visita ao Lar da Criança Domingos Sávio.

19h – Inauguração do comitê e lançamento da candidatura a deputado federal de Almir Sousa.  

Eunício Oliveira (PMDB) 

Manhã e tarde – gravação de programa eleitoral. 

Depressão é a doença que mais atinge pessoas no mundo

Se não for tratada, ela pode levar ao óbito


A Principal causa da morte do ator norte-americano Robin Williams, a depressão é uma doença que mais atinge pessoas em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), são mais de 350 milhões de indivíduos convivendo com o mal. Somente em Fortaleza, são aproximadamente 250 mil. 
A depressão pode ser explicada como a não realização de algum desejo. Um mal baseado em expectativas não realizadas, experiências mal-vividas ou traumáticas, e não atinge uma classe social em específico.
Segundo o psiquiatra e professor da UFC, Fábio Gomes de Matos, a depressão atinge uma em cada quatro pessoas, em sua maioria mulheres (25%, contra 12,5% dos homens). O início é sempre associado a algum tipo de perda (emprego, familiar, romance). 
Por estar deprimido, o doente passa a se enxergar de maneira depreciativa, não se julga capaz de ganhar ou merecer nada e isto acaba atrapalhando as relações sociais, afastando-se de todos. Entretanto, não é isto que define uma depressão. O professor Fábio Gomes alerta que o indivíduo que sofre com o mal, normalmente perde o prazer qualquer atividade que ele normalmente gosta de praticar. “O comportamento altera em tudo. A pessoa fica desanimada, humor deprimido e acreditando que a vida não vale à pena”, ressalta.
O ponto alto da depressão é o suicídio. Segundo dados do Sistema de Mortalidade Datasus, os casos de mortes causadas pelo mal, cresceram 705% no Brasil. Apesar do índice, o especialista Fábio Gomes acredita que ainda assim, existe tratamento e chances de recuperação. Ele lembra que a Universidade Federal do Ceará dispõe de um serviço chamado “PraVida”, onde psquiatras, médicos e outros profissionais, atendem pessoas que pensam ou já pensaram em retirar a própria vida. 
O primeiro passo para a reabilitação, consiste em admitir que a doença esteja presente e que para se tratar, é necessário pedir ajuda. O especialista consultado por nossa reportagem afirmou que não são apenas parentes e amigos, mas a própria pessoa pode notar que está doente. Isto é importante, por que quanto mais rápido o tratamento for iniciado, mais chances de se recuperar ele tem.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Agenda dos candidatos ao governo do Estado do Ceará nesta Segunda-feira (25/08)










Ailton Lopes (PSOL)

Reuniões internas.
 
Camilo Santana (PT)

08h – Encontro com empresários.

À tarde – Reuniões internas.

Eliane Novais (PSB)

07h – Panfletagem na entrada dos alunos da FA7.

14h – Entrevista na Rádio Assunção AM 620 – Programa do Fernando Maia.

Eunício Oliveira (PMDB)

10h – Encontro no comitê central para debater segurança pública e defesa da cidadania.

14h – Reuniões com lideranças políticas e apoiadores da camapanha.

18h – Gravação de programa eleitoral.