sábado, 30 de junho de 2018

Quanto cada partido vai ganhar do contribuinte brasileiro para fazer campanha em 2018

Resultado de imagem para charges povo financiando campanhas eleitorais

O PMDB e o PT serão os maiores receptores de recursos públicos do fundo eleitoral. Os dez maiores partidos ficarão com 73,5% do total de R$ 1,716 bilhão

Na minirreforma eleitoral aprovada pelo Congresso, os parlamentares criaram um fundo com recursos públicos para financiar as campanhas eleitorais. Pela divisão desses recursos, que já vale na próxima eleição, cada voto para deputado federal vai valer R$ 17,63, determinando quanto cada partido vai receber. Como o total de deputados federais de cada partido tem grande peso na divisão dos R$ 1,716 bilhão do fundo, também já é possível estimar quando vale um deputado eleito: R$ 2,7 milhões a seu partido, em dinheiro do Orçamento da União. 

As regras do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) favorecem a manutenção dos grandes partidos, dificultando a renovação da Câmara e do Senado. O PMDB e o PT serão os maiores receptores de recursos públicos para suas campanhas, e os dez maiores partidos ficarão com 73,5% do valor do fundo. São R$ 1,260 bilhão, concentrados nessas legendas. 
Na outra ponta, partidos nanicos ou recém-criados contam com quase R$ 1 milhão em recursos, mesmo sem terem sequer disputado a última eleição para deputado federal e senador. É o caso do Novo e do Partido da Mulher Brasileira (PMB), que receberão cada um R$ 980 mil, apenas do Fundo, sem contar recursos do Fundo Partidário e de doações. 
Partidos consolidados, mas que não elegeram nenhum deputado na última eleição também receberão recursos. É o caso do PCO e PCB, que receberão juntos cerca de R$ 2,5 milhões, mesmo sem ter nenhum deputado eleito representando o partido. 

Renovação no Congresso?

R$1,71 bilhão
é a quantia em dinheiro destinado ao fundo eleitoral em 2018. A quantidade que os dez maiores partidos receberão é discrepante em relação aos demais. Veja como esse dinheiro será dividido:

Veja quanto cada partido receberá


Sigla Valor a receber (em R$ milhões) % do fundo
PMDB 215 12,5
PT 199 11,6
PSDB 173 10,1
PP 142 8,3
PSD 109 6,4
PR 105 6,1
PSB 101 5,9
DEM 85 4,9
PRB 66 3,9
PDT 64 3,7
PTB PROS PSL PRP 62 3,6
SD 40 2,3
PSC 37 2,1
PODE 34 2,0
PPS 30 1,8
PTdoB 25 1,5
PROS 24 1,4
PV 23 1,3
PSOL 21 1,2
PHS 18 1,1
PCdoB 15 0,9
Outras legendas 125 7,3
Fonte: TSE, Câmara, Senado e lei do FEFC. Infografia: Gazeta do Povo.

Como é a regra, criada para fortalecer os deputados federais 

A minirreforma eleitoral estipulou que 83% do dinheiro será distribuído entre os partidos conforme números da mais recente eleição para a Câmara dos Deputados, o que concede grande peso para os deputados dentro dos partidos. A cada deputado que um partido eleger – ou mesmo que receber votos válidos sem se eleger, mais dinheiro público será garantido para a legenda. 
Pela lei, a distribuição do FEFC para o primeiro turno das eleições ocorrerá da seguinte forma: 2% divididos igualmente entre todos os partidos com registro no TSE; 35% divididos entre as legendas com pelo mesmo um integrante na Câmara dos Deputados, na proporção dos votos conquistados por eles na última eleição geral para a Câmara; 48% divididos entre os partidos proporcionalmente ao número de deputados na Câmara, consideradas as legendas dos titulares; e 15% divididos entre os partidos proporcionalmente ao número de senadores, consideradas as legendas dos titulares. 


Com a justificativa de que se visou dar liberdade aos partidos, a minirreforma eleitoral não pormenorizou as regras para a distribuição dos recursos dentro dos partidos. Isso pode causar concentração de recursos na campanha de alguns candidatos, em detrimento de outros, com distorções ou favorecimento aos candidatos mais antigos ou com maior poder dentro das legendas. 
 O TSE já divulgou regras prévias sobre os limites de cada campanha. Porém, não há piso para cada candidato. Os tetos são R$ 70 milhões em despesas de campanha no 1º turno e R$ 35 milhões no 2º turno para presidente da República; entre R$ 2,8 milhões a R$ 21 milhões, de acordo com o número de eleitores de cada estado para governador; R$ 2,5 milhões a R$ 5,6 milhões para senador, conforme o eleitorado de cada estado, R$ 2,5 milhões no máximo, sem piso, para campanhas de deputado federal; e até R$ 1 milhão para campanhas de deputados estadual ou distrital.

 

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Artigo de Lula publicado hoje no Jornal do Brasil (o texto é longo, mas vale muito a pena a leitura até o final):


Resultado de imagem para lula na prisão
‘O Brasil voltará a ser dos brasileiros’

Enquanto o país prestava atenção à Copa do Mundo, a Câmara dos Deputados aprovou, em regime de urgência, uma das leis mais vergonhosas de sua história. Por maioria simples de 217 votos, decidiram vender aos estrangeiros 70% dos imensos campos do pré-sal que a Petrobras recebeu diretamente do governo em 2010. Foi mais um passo do governo golpista e de seus aliados para entregar nossas riquezas e destruir a maior empresa do povo brasileiro.

O projeto de lei aprovado semana passada é um crime contra a pátria, que exige reação firme da sociedade para ser detido no Senado, antes que seja tarde demais. É uma decisão que entrega de mão beijada campos do pré-sal com potencial de conter cerca de 20 bilhões de barris de petróleo e gás, burlando a lei que garante o pré-sal para os brasileiros.

Para entender a gravidade desse crime, é preciso voltar ao ano de 2009, quando a Petrobras precisava investir para explorar o recém-descoberto pré-sal. Apresentamos então um projeto de lei em que a União (a quem pertencem as reservas de petróleo, não se esqueçam) vendeu à estatal, em troca de títulos, o direito de explorar até 5 bilhões de bar

Assim, a empresa se valorizou, fez a maior operação de capitalização da história e tornou-se capaz de investir. O resultado é que, em tempo recorde, o pré-sal já produz 1,7 milhão de barris/dia, mais da metade da produção nacional. Como era uma operação especial, para defender interesses estratégicos do país, definimos na Lei 12.276/10, que a Cessão Onerosa “é intransferível”.

Fora dessa área, o pré-sal só pode ser explorado pelo regime de partilha, por meio de uma legislação que garante a soberania do país e direciona essa riqueza para investimentos em educação, saúde, ciência e tecnologia, o nosso passaporte para o futuro.

Já circulam estudos indicando que o petróleo dos campos de Cessão Onerosa será vendido a preços entre US$ 6 e US$ 8 o barril, que é o custo de exploração, quando o preço internacional do barril oscila entre U$ 70 e US$ 80. As chances de achar petróleo nesses campos são praticamente totais, porque nós, brasileiros, já mapeamos as áreas. Para as petroleiras, é como comprar um bilhete premiado da loteria. Para o Brasil, é como vender a galinha da fábula, que botava ovos de ouro.

De posse desses campos, os estrangeiros vão comprar sondas e plataformas lá fora, sem gerar um só emprego na indústria brasileira. Vão contratar engenheiros e técnicos lá fora; vão controlar diretamente toda a inteligência de pesquisa e exploração em nosso pré-sal, o que também é um ataque à nossa soberania.

Esse ataque vem acontecendo desde o início do governo golpista, quando aprovaram a chamada Lei Serra, que excluiu a participação obrigatória da Petrobras em todos os campos do pré-sal. Foi mais um golpe na indústria naval brasileira, que se somou à decisão de reduzir para 50% a obrigação de a Petrobras de comprar máquinas e equipamentos no Brasil, o chamado conteúdo local.

Na presidência da Petrobras, Pedro Parente, representante do PSDB, iniciou a privatização de atividades estratégicas, como a produção de biocombustíveis, distribuição de gás de cozinha, produção de fertilizantes e participações na petroquímica. Pôs à venda a Liquigás, a BR Distribuidora, a fábrica de nitrogenados de Três Lagoas e o gasoduto do Sudeste (NTS).

Em outra manobra criminosa, reduziu em até 30% a produção de combustíveis nas refinarias brasileiras. Deixamos de produzir aqui, em reais, para importar em dólares. Fez reajustes quase diários dos combustíveis, acima dos preços internacionais, o que aumentou os lucros dos estrangeiros. A importação de óleo diesel dos Estados Unidos mais que dobrou.

Não podemos esquecer que os primeiros a sofrer com a nova política de preços da Petrobras foram os mais pobres, que passaram a usar lenha e o perigosíssimo álcool para cozinhar, por causa do brutal aumento do botijão de gás.

Essa desastrosa política provocou, em maio, a paralisação dos transportes terrestres que tantos prejuízos provocou ao país. O Ipea acaba de informar que a produção industrial caiu 13,4% naquele mês. Não houve queda igual nem mesmo no primeiro mês da crise financeira global de 2008, quando o recuo foi de 11,2% (e cabe lembrar que superamos rapidamente aquela crise).

Em dois anos foram mais de 200 mil demissões de trabalhadores da Petrobras e de empresas contratadas por ela, além de mais de 60 mil demissões na indústria naval. A indústria de máquinas e equipamentos calcula uma perda de 1 milhão de empregos na cadeia de petróleo e gás, em decorrência dessa operação suicida.

A desvalorização do patrimônio da Petrobras, com a venda de empresas controladas, a perda de mercado no Brasil, a opção por se tornar mera exportadora de óleo cru, entre outras ações danosas de Parente, é dezenas de vezes maior que os alegados R$ 6 bilhões que teriam sido desviados nos casos investigados pela Lava Jato.

A votação da semana passada na Câmara, em regime de urgência, sem nenhum debate com a sociedade, mostrou que o governo golpista tem uma pressa desesperada para entregar o patrimônio nacional e destruir nossa maior empresa.

A verdade é que o tempo deles está acabando. Correm para entregar o que prometeram aos patrocinadores do golpe do impeachment em 2016: nosso petróleo, nossas riquezas, as empresas do povo, a Petrobras, a Eletrobras e os bancos públicos. Foi para isso, e para revogar direitos dos trabalhadores, que eles derrubaram a honesta presidenta Dilma Rousseff.

Ao longo de dois anos, os golpistas e os entreguistas do PSDB submeteram o Brasil aos interesses geopolíticos dos Estados Unidos e não apenas na Petrobras. A política externa dos chanceleres tucanos voltou a ser ditada pelo Departamento de Estado dos EUA, num retorno vergonhoso ao complexo de vira-latas que tínhamos superado em nosso governo.

Mas o tempo deles acaba em outubro, quando o Brasil vai eleger um governo democrático, com legitimidade para reverter a agenda do entreguismo, do ultraliberalismo, que só interessa ao mercado e não ao país ou ao nosso povo. Quando o Brasil eleger um governo que vai acabar com a farra das privatizações e da entrega do patrimônio nacional.

Podem ter certeza: voltando ao governo com a força do povo e a legitimidade do voto democrático, vamos reverter tudo que estão fazendo contra nossa gente, contra os trabalhadores e contra o país. E o Brasil vai voltar a ser dos brasileiros.

Luiz Inácio Lula da Silva

STF decide que guardas municipais podem portar armas de fogo


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu hoje (29), que integrantes de todas as guardas municipais do país podem portar armas de fogo durante o horário de trabalho e de folga.

Por meio de uma liminar concedida a pedido do Democratas, o ministro suspendeu dois artigos do Estatuto do Desarmamento, aprovado em 2003, que limitava o porte de armas para uso no trabalho e horas de folga pelos guardas.

Ao recorrer ao Supremo, os advogados do Democratas alegaram que a norma criou uma restrição ilegal ao porte de arma entre uma mesma categoria de integrantes da segurança pública.

Pela norma, os guardas de municípios com mais de 500 mil habitantes conseguiram autorização para andarem armados durante o trabalho e nos momentos de folga. Quem trabalha em municípios com mais 50 mil e menos de 500 mil pessoas só pode usar armamento em serviço. Por sua vez, nos lugares com menos de 50 mil habitantes, o porte foi totalmente proibido.

“Criou-se uma desigualdade arbitrária entre os integrantes das guardas municipais, ante a fixação de um escalão numérico e pouco isonômico para se estimar quem pode portar arma de fogo dentro e fora do período de serviço”, sustentou o partido.

Ao decidir a questão, Alexandre de Moraes afirmou que o aumento do número de mortes no país tem ocorrido em maior número justamente nos municípios nos quais as guardas não podem usar armamento. Para o ministro, as guardas municipais exercem “imprescindível missão” nos serviços de segurança pública, juntamente com as policiais civis e militares.

“O tratamento exigível, adequado e não excessivo corresponde a conceder idêntica possibilidade de porte de arma a todos os integrantes das Guardas Civis, em face da efetiva participação na segurança pública e na existência de similitude nos índices de mortes violentas nos diversos municípios, independentemente de sua população”, decidiu o ministro.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

TCE reprova contas apresentadas por ex-gestor de Nova Russas

27.06.18

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Ceará aplicou multa de R$ 13,8 mil a ex-gestor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do município de Novas Russas. A causa foram irregularidades apuradas na Prestação de Contas da autarquia municipal relativa ao período de três de julho a 31 de dezembro de 2013.

O processo, de nº 102722/14, foi julgado na segunda-feira (25/6) sob a relatoria do conselheiro Rholden Queiroz e levou à desaprovação das contas por unanimidade, o que pode impedir a ocupação de cargos públicos. O então gestor terá o prazo de 30 dias para efetuar o pagamento da multa ou recorrer da decisão na própria Corte.

As infrações motivadoras da irregularidade das contas e da multa foram o não repasse de consignações ao INSS, Receita Federal e Banco do Nordeste; não envio ao Tribunal da documentação respaldadora do Pregão Presencial nº 014/13-PP (destinado à contratação de serviço de manutenção e conservação dos motores pertencentes ao SAAE) e de uma despesa no valor de R$ 8,8 mil com obras e serviços de engenharia; e falta de documentos na Prestação de Contas: extrato bancário do início da gestão e ato de nomeação do pregoeiro e da equipe de apoio.

Seguindo voto do relator, o colegiado acordou em enviar cópia do processo ao Ministério Público Estadual por reconhecer, em tese, o crime de apropriação indébita previdenciária e a prática de ato de improbidade administrativa.

Com o objetivo de evitar a reincidência das falhas, os conselheiros fizeram ainda uma série de determinações à atual gestão, sob pena de pagamento de novas multas: observar, quando do envio das Prestações de Contas ao Tribunal o prazo estipulado na legislação; atentar para o fiel cumprimento das normas relacionadas à obrigação legal de repassar de forma devida e regular todas as consignações de sua responsabilidade, bem como às obrigações legais previdenciárias instituídas, em especial com relação à obrigatoriedade do repasse dos valores retidos dos servidores e demais contribuintes; e atentar para o fiel cumprimento das normas que regem os procedimentos licitatórios, apresentando toda a documentação respaldadora das respectivas despesas nas suas futuras contratações. 
 
Fonte - TCE

Neuropsicólogo afirma: a base de um cérebro saudável é a bondade

neuropsicologo afirma 

A base de um cérebro saudável é a bondade!

Richard Davidson é um cientista americano PhD em neuropsicologia e pesquisador na área de neurociência afetiva. Ele abandonou a faculdade de Harvard no segundo ano para ir à Índia, aprender sobre a meditação e aprender a como treinar a própria mente. “A política deve basear-se naquilo que nos une. Só assim poderemos reduzir o sofrimento no mundo. Acredito na gentileza, na ternura e na bondade, mas temos que nos treinar nisso.” – Richard Davidson Em sua jornada, Richard aprendeu que uma mente calma é capaz de projetar bem-estar em qualquer tipo de situação. Ele pesquisou, através da neurociência, as bases para as emoções, e descobriu que as estruturas de nossos cérebros podem mudar rapidamente, em cerca de duas horas. Após fazer a medição da expressão dos genes, antes e depois da meditação, ele descobriu que os genes mudam consideravelmente e que as zonas com inflamação ou com tendência à inflamação sofrem uma grande redução.

“A vida é só uma sequência de momentos. Se encadearmos essas sequências, a vida muda.”

Em 1992, Richard conheceu o Dalai Lama, que o aconselhou a focar suas pesquisas na gentileza, ternura e compaixão, ao invés de apenas no estresse, depressão e ansiedade.

Seguindo o conselho de Dalai Lama, focou suas pesquisas em temas mais amplos e descobriu que empatia e compaixão são diferentes uma da outra. Empatia é habilidade de sentir o que outras pessoas sentem. Já a compaixão é um estado superior, que consiste em possuir os elementos ideais para aliviar o sofrimento. Os circuitos neurológicos que levam à empatia ou à compaixão são diferentes.
Sobre a ternura, Richard descobriu que faz parte do circuito da compaixão, e que pode ser incorporada em qualquer idade. Crianças que são educadas em direção à ternura possuem uma melhor saúde mental e emocional e se saem melhor dos estudos. “Uma das coisas mais interessantes que tenho visto nos circuitos neurais da compaixão é que a área motora do cérebro é ativada: a compaixão nos capacita a agir, para aliviar o sofrimento.”


 

Vereador de Acarape faz pronunciamento de guarda-chuva ironizando a compra desse acessório pela prefeitura, quando falta medicamentos nos postos



Durante a sessão plenária de terça-feira, 26, um acalorado debate tomou de conta da Câmara Municipal de Acarape.
O vereador Pedro Henrique Alcino apresentou varias notas de pagamento de diversas secretarias da prefeitura municipal, onde um dos itens adquiridos pelas secretarias de saúde, educação e Assistência Social chamaram atenção. A compra indiscriminada de “guarda chuvas” com valores que variam de R$ 1,80 até R$ 17,00 reais a unidade.
“Tem varias reclamações de falta de remédios para pacientes com doenças crônicas e escassez de material de expediente nas escolas municipais, mas dinheiro público pra compra de dezenas de guarda chuva tem”, lamentou o vereador Pedro Henrique Alcino para com a falta de prioridade na aquisição de material de consumo por essas secretarias.
O mais inusitado foi o parlamentar fazer uso de um guarda chuva durante seu pronunciamento na Câmara Municipal. “Faço isso em forma de repúdio à tanta displicência na aplicação dos já minguados dinheiro público. Precisamos fiscalizar de perto cada centavo usado dos fundos federais, geridos pela prefeitura”, alertou o vereador. Além dos medicamentos, falta também material de expediente nas escolas.
A prefeitura não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. O MP através de seu representante, promotor André Zeck que preside o Processo de Investigação Criminal (PIC) apresentará o relatório.



quarta-feira, 27 de junho de 2018

A verdade concisamente: Revitalização do Rio São Francisco vai exigir mais de R$ 30 bilhões


Fonte: jornal Estado de Minas, 25-06-2018.

Repetidamente prorrogada, a revitalização do Velho Chico vai demandar R$ 30,8 bi até 2025, aponta plano do comitê da bacia. Combate ao desmatamento está entre prioridades
    Aracaju - Com o volume cada vez mais reduzido e sofrendo todo tipo de degradação, o Rio São Francisco cobra o preço das sucessivas promessas de socorro não cumpridas. R$ 30,8 bilhões é o volume de recursos necessários para combater a agonia e salvar o Velho Chico, aponta estudo técnico que começou a ser elaborado em 2014 e só foi finalizado no início do mês. O documento preconiza ações de revitalização a serem executadas até 2025 em toda a bacia do chamado Rio da Unidade Nacional, que nasce na Serra da Canastra, no Centro-Oeste de Minas Gerais, e percorre 2,8 mil quilômetros até desaguar no Oceano Atlântico, atingindo uma população de 18 milhões de pessoas, moradoras de 505 municípios de seis estados (MG, BA, GO, SE, PE e AL) e do Distrito Federal.
     Elaborado e coordenado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), o estudo, ao qual o Estado de Minas teve acesso durante simpósio sobre o tema realizado em Aracaju (SE), entre os dias 3 e 6 deste mês, define como uma das metas a utilização de 80% dos recursos financeiros em preservação do manancial. O desmatamento é apontado como uma das principais causas da degradação ambiental.
       Segundo o presidente do CBHS, Anivaldo de Miranda Pinto, o Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio São Francisco 2016/2025 (PRH-SF) diagnostica todas as “ações concretas” que deverão ser executadas para que a bacia seja recuperada, envolvendo a União, estados, municípios, organizações não governamentais e outras fontes de financiamentos, mas não detalha o desembolso que caberá a cada parte. “Serão necessários R$ 30,8 bilhões para que, de fato, possamos falar em revitalização absoluta da Bacia do Rio São Francisco e seus afluentes”, resumiu.

Futebol - Ópio do povo


Resultado de imagem para futebol e o ópioComo há muito já dizia o nosso saudoso escritor Nelson Rodrigues, o futebol é o ópio do povo. Este esporte bretão é capaz de remover as mais duras mazelas psico-sociais do ser-humano em apenas 90 minutos de quimeras-esverdeadas. Em todo planeta, o futebol fascina e serve como a verdadeira cartase da miséria humana, mas porquê este dominio em todas as classes sociais levando os homens a extremos atos de sandice? Bem, tentarei responder esta questão.
        Desde os primórdios, que o homem tem dentro de si o germe da conquista, quer na condição de caça ou caçador. Na idade-média, a opressão religio-imperativa chegou ao cúmulo da Santa Inquisão, que de santa sabemos que nada tinha. Os exércitos se degladiavam por toda e qualquer forma de poder, aliás tudo gira em torno do poder. Mas o que é o poder? O poder nada mais é que mera ilusão de conquista de um ser ou entidade sobre outrem, mas que na realidade além de ser uma conquista passageira, o conquistador nada conquista à não ser os louros psicológicos de sua meta, pois os conquistados jamais são subjulgados no intérim da alma. Poder algo é fingir que se pode alguma coisa, mas o poder nada pode em vista do tempo e das ordens infinitas da grande providência. Temos exemplos famosos como as derrocadas de inúmeros impérios desde os egípicios até os alemães através dos séculos subjacentes. Comtêmporaneamente, temos o império da águia que pensa dominar o mundo, mas não consegue dominar nem a si mesmo. Mas e o futebol, onde entra nesta estória estaparfúdia?
              O futebol é nossa "guerra pacífica", e nosso time ou seleção não passa de um exército na qual o torcedor pensa fazer parte e por isso se entrega de corpo e alma as duras provas cardiácas de uma partida futebolística. Os soldados da bola, jogam pela honra de sua camisa em busca de um poder mesmo que temporário numa vitória no campo de batalha, mas é ai que o torcedor se droga no ópio do futebol. Em suma, os nossos soldados da bola não passam de mercenários em busca de poder e riqueza e que tanto faz o escudo que defedem, mas a irracionalidade do torcedor o cega para estas nuances corruptivas e ele pensa que aquele mercenário esta ali por amor ao seu clube ou país, ledo engano. O jogador em sua maioria é profissional e vê no futebol um mero meio de vida, é claro que o emocional conta, mas só no campo esverdeado e apenas 90 minutos é que conta em sua condição de ator de chuteiras num teatro Shakespereano de mascaras horrendas e hipócritas. Ao sair de seu palco circular, aquele ator de uniforme esquece de todo o clamor desesperado do pobre torcedor que se esgoelou na incentivação nefasta de torcedor e  tudo mais  que possa ter  ocorrido no gramado. Em suma no presente momento ele só  pensa em sua gorda conta bancária e em sua gata loira que o espera no motel, enquanto o povo cansado e  opiado pelas desgraças cotidianas volta de ônibus enlatado e  se ilude  sofrendo e vivendo com as vitórias ou derrotas de sua paixão desenfreada. Raríssimos são aqueles jogadores que gostam de verdade de suas entidades futebolísticas e a cada ano que passa, o mercado "capetalista" destroi ainda mais aquele fatidico amor pelas chuteiras. Nosso Brasil até hoje é conhecido como a Patria de chuteiras e isso é deveras triste no conceito de cartase humano.
              O Brasil talvez seja um exemplo classico do opianismo popular em relação ao futebol, quer seja pela falta de educação ou de perspectivas da população que erra como orfãos solitários de uma mãe Pindorama e desajustada, quer seja pela irracionalidade bestial do brasileiro em relação ao esporte bretão. Devemos torcer sim, mas com uma certa desconfiança no amanhã pois nossos herois nunca foram exemplos de nada. Desmistifiquemos os deuses e plantemos a razão que o ópio futebolístico insiste em destruir. Entre Copas e derrotas o Brasil varonil deveria primeiro se preocupar com seu bem-estar humano e não com pseudo-cartases destrutivas. A mídia iconoclasta, como sempre alimenta o sonho utópico-ópio da seleção de futebol, isso serve para distrair o povo das verdadeiras intenções dos falcões governamentais que a cada dia dilaceram nossa medíocre vidinha-terrestre espoliando nosso orgulho e massacrando o proletário em prol do poder concentrado nas mãos do diabólico sistema capital que insiste em futebolizar as eras. Entre tragédias gregas e tupiniquins, o opiado povo brasileiro continua a se enganar por uma luta perdida num gramado-lamacento de dólares surrupiados por mídias escandalizadas em que fantoches de chuteiras pensam ser livres, mas são apenas bonecos dilacerados nas mãos dos "capetalistas" de plantão, afinal de contas, estes bonecos outrora também faziam parte do povo opiado e num passe medonho de uma falsa magia, se transformaram em semi-deuses analfabetos que correm atrás de uma bola de dinamite que a cada gol explode a já baixa-estima de uma população que pensa ser livre e que na verdade vive em profundo cárcere privado de grilhões verdes. E no final gritamos gooooooooooooooooooooooooooooooollllllllllllllllllllll

EDDY VOMIT - Escritor, poeta e músico carioca


NOVA RUSSAS TERÁ O PRIMEIRO NÚCLEO DE PREVENÇÃO AS DROGAS, AUDIÊNCIA PÚBLICA APRESENTARÁ O ÓRGÃO A SOCIEDADE


                 AS DROGAS EM NOSSA SOCIEDADE UM PROBLEMA DE TODOS.
           
Cerca de 5% da população adulta, ou 250 milhões de pessoas entre 15 e 64 anos, usou pelo menos uma droga em 2014, de acordo com o último Relatório Mundial sobre Drogas divulgado nesta quinta-feira (23) pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

Estima-se que 29 milhões de pessoas que fazem uso de drogas sofram de algum transtorno relacionado a esse uso. Entre elas, 12 milhões usam drogas injetáveis. Destas, 1,6 milhão vivem com HIV e 6 milhões vivem com hepatite C. Esses dados revelam que o impacto do uso de drogas na saúde continua preocupante.

O consumo de drogas, ao contrário do que muitos pensam, não prejudica apenas a pessoa que as consome. A família, assim como todas as pessoas que a cercam, também sofre com o vício de seu ente querido.

Segundo o estudo, o dependente químico afeta as atividades diárias e o psicológico dos familiares: 58% das famílias com algum usuário de drogas têm afetada a habilidade de trabalhar ou estudar, 29% das pessoas estão pessimistas quanto ao seu futuro imediato e 33% têm medo que seu parente beba ou se drogue até morrer, ou alegam já ter sofrido ameaças do familiar viciado.

RAZÕES PARA SE INICIAR O MUNDO DAS DROGAS SÃO INÚMERAS, COMO:
Curiosidade seguida de oportunidade.
·        Necessidade de se ajustar em um grupo de amigos, onde todos já experimentaram e para não ser diferente o jovem acaba cedendo.
·     A droga pode ser procurada como um mecanismo de fuga, quando se enfrenta problemas de difícil resolução, acaba-se recorrendo a droga para fugir mentalmente.
·      Autoestima enfraquecida.
·    A grande maioria se inicia com as drogas lícitas, como álcool, e cigarros, e a partir dai passa para drogas ilícitas, normalmente começando pelas mais fracas como maconha, e quando essa já não causa o mesmo efeito, a pessoa sente a necessidade de buscar outras drogas mais fortes.

NOVA RUSSAS CONTRA AS DROGAS UM DESAFIO E UMA LUTA DE FORÇAS

Nova Russas comemora mais um grande feito, a implementação do NÚCLEO SOCIAL DE APOIO E PREVENÇÃO AS DROGAS ILÍCITAS, que será um programa permanente de prevenção e apoio as questões relacionadas as DROGAS no município de Nova Russas. O Núcleo é constituído por profissionais representantes das Secretarias de Saúde, de Trabalho e Assistência Social, de Esportes, de Educação , assim como membros de Instituições como Lions Club, Maçonaria, Câmara dos Dirigentes Lojistas, Instituições religiosas como pastoral da juventude, Igrejas Evangélicas e Conselho Tutelar.

Os principais Objetivos do Núcleo será o de constantes debates para isso será necessário  a criação do Conselho Municipal Antidrogas do município onde o mesmo terá como prerrogativas ações fiscalizatórias e deliberativas. Será de grande importância a formação de profissionais que atuarão nas discussões técnicas e orientações das ações preventivas no trabalho do Núcleo., assim como orientações as famílias e seus dependentes, importante a divulgação dos objetivos para que a população tome conhecimento do que realmente é esse órgão e como ele irá beneficiar as famílias novarussense que sofrem com esse problema.

A audiência Pública que acontecerá nessa quinta feira dia 28 de Junho á partir das 07:30 da manhã no auditório da Secretaria de Educação a mesma tem como Objetivo fazer um plano de Ação juntamente com toda a sociedade e poderes presentes a fim de unir forças e idéias para melhor funcionamento do Núcleo.
Redação -  Sol Rocha assistente social do município.

Fonte - solrochanr.blogspot.com

POLÍCIA CIVIL DE SOBRAL PRENDE HOMEM ACUSADO DE ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA DE APENAS 3 ANOS


Na noite de ontem, por volta das 20:30h, a equipe de plantão da Delegacia Regional de Polícia Civil foi acionada sobre um possível estupro de vulnerável que havia ocorrido com uma criança de apenas 03 anos de idade e que tinha como suspeito o seu próprio pai, o Sr. Manoel Rodrigues de Almeida. A mãe da criança, a Sra. Maria Edilene de Almeida, compareceu à Delegacia para relatar que a criança havia dormido na casa do pai na noite passada e havia retornado hoje (26) para a sua casa no final da tarde, pois estão separados. Quando a mãe foi dá um banho na criança, percebeu uma mancha na perna e também algo estranho nas partes íntimas da criança. Em seguida, a mãe se deslocou até a delegacia para informar o fato e, diante da gravidade, a equipe de Inspetores Plantonista, com o apoio do Delegado Municipal, Dr. Alex, se deslocaram imediatamente até residência do pai da criança e efetuaram a prisão em flagrante do acusado. O Inquérito Policial foi instaurado pelo Delgado Plantonista, Dr. Rafael, junto com os Escrivães Plantonistas, e o preso já se encontra à disposição da justiça.

Fonte: Sobral 24 horas

terça-feira, 26 de junho de 2018

Coluna do blog do Macário batista

Resistencia quebrada
Jurei que nao cederia aos encantos da Copa do Mundo e largaria aqui um mundaréu de falação sobre o futebol jogado hoje no mundo. Tambem um dia jurei que nunca mais veria aquela ingrata que ensaiou me trair e voltei a seus braços meigos e apaixonados. Quem não trai um dia seus princípios e juras? Ora, deixe de bobagem! A vida é um querer e um dar sem conta, diria Vinícius. Pra quem um dia foi boleiro e queria ser o melhor, ceder auma tentação, quem há-de? Menino, na Praça João Pessoa,na Sobral do meu tempo, aos 10 anos pedi pra minha Santa Mãe Maria,filha de seu Pompeu Ferreira da Ponte e de dona Petronilha ANgelina Alcãntara Ferreira da Ponte, A Racista, uma joelheira pra seu igual ao Castilho, goleiro do Fluminense e da Seleção.È que o chão da praça,onde jogava a pelada diária, era duro e caraquento feito um ralo. E eu queria ser goleiro, como mais tarde fui, no futebol de salao,no meu querido Anjos, antes na Amefec. Então, o futebol ta na veia. Passei anos voando pelo mundo narrando jogos de futebol pro rádio, escrevendo pro jornal, anunciando pra televisão. E hoje, simples observador da cena, recuso o silêncio ao ouvir tanta gente, no mesmo antigo eito funcional, a criticar atitudes pessoais, ao invés de falar de posições, chutes,passes, colocações, defesas, ataques. Aliás, por algum instante até me permito ouvir em obsequioso silêncio, afinal ninguem no rádio e televisão de hoje, tem a cultura vivida e/ou lida de Paulino Rocha ou Wilton Bezerra, aqui em casa. No País,é um descalabro. Não fuja da regra seu Macário, diz o capeta que às vezes  mora e mim. Fuja, diz o anjo bom do outro lado. Mas não sou homem de correr do pau. Aprendi a não ter medo. De nada. De ninguem. A vida me ensinou desde muito cedo. Tudo isso pra reclamar; o que é que vocês têm a ver com o choro do Neymar? Cês sabem lá o que subir um morro com uma tonelada de farinha dágua nas costas, chovendo? Vão darem!!!

A frase: “Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos…” Nelson Rodrigues.



O Santana pirou? (Nota da foto)
Ex Prefeito de Juazeiro do Norte, médico, deputado estadual, petista/comunista, Manoel Santana é hoje uma presença na tribuna da Assembleia do Estado. Vez em quando comete lá seus discursos, mas agora, resolveu de arrumar um projeto de resolução na CAsa. Ele quer que na sexta feira, quando deputado não está indo pras sessões, seja liberada a tribuna pra todo mundo falar.Sindicatos,ongs,blogueiros,calunistas, tudo, vai lá, sobe e discursa. Béisso?!

Desmatamento da Caatinga
O Inventário Florestal Nacional do Ceará apurou a caatinga cobre 88% da área do estado e, segundo Francis Lacerda, climatologista do Laboratório de Mudança Climática do Instituto Agronômico de Pernambuco, o processo de degradação do bioma atinge mais do que os 40% que constam da literatura, pela ação antrópica e pela mudança climática.

Plantando água
Lacerda cunhou a expressão “plantar água”, lembrando que uma das funções importantes da vegetação da caatinga é a retenção de água nos solos e, consequentemente, a recarga dos aquíferos. O Cearátem neste momento 26 municípios em estado de emergência por falta de água.

Respeito
A Holanda está estudando um mecanismo para pagar aos cidadãos que passem a ir de bicicleta ao trabalho. Isso poderia “economizar” três bilhões de km percorridos por veículos fósseis.

Fora a parte...
Os benefícios “colaterais” seriam cidades mais limpas e cidadãos menos doentes. Hoje na Holanda, mais da metade das viagens ao trabalho têm menos de 7,5 km, e mais da metade da população mora a 15 km do trabalho. menos emissões e mais saúde.

Hoje
AS sete da noite, no Marina Hotel, Salmito Filho, presidente da Câmara de Fortaleza apresenta balanço de seu mandato e da atuação na Presidencia da Casa.

De guarda pra policia
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) promoverá audiência pública na terça-feira (26) para discutir a possibilidade de mudar o nome dos guardas municipais para policiais municipais.

Muda só o nome
Segundo o relator da proposta, deputado Lincoln Portela (PR-MG), esses profissionais já exercem funções de polícia, como uso da força, patrulhamento e proteção à vida, e a nova denominação não afeta competências e atribuições das guardas.

Respeite o inspector 
“É mais do que justa a mudança de nomenclatura. A própria população se sentirá mais segura; e eles [guardas], mais respeitados.”

Crateús ganha Areninha nesta terça-feira (26)

A cidade de Crateús será a próxima contemplada com a inauguração de uma Areninha do Ceará. O governador Camilo Santana participa da solenidade e partida inaugural que marca o inicio das atividades, a partir das 19h30min desta terça-feira (26), no bairro Campo Velho.
Com esta, já são 11 areninhas no Estado. O espaço de Crateús conta com investimento de R$ 1,5 milhão, sendo 80% do Estado e 20% de contrapartida do município. Sobral, Limoeiro do Norte, Maranguape, Juazeiro do Norte, Russas, Pacatuba, Caucaia, Cascavel, Crato e Camocim já receberam o equipamento.
Fonte: Governo do Estado

segunda-feira, 25 de junho de 2018


Reunidos com o presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Eduardo Neves, empresários cearenses da indústria e da agropecuária questionaram a exagerada burocracia do Governo do Estado, que “só atrapalha a vida do cidadão comum e também a  das empresas”.
Eles estão entusiasmados com a decisão do Governo do Paraná, que há poucos dias, por meio de uma nova legislação, reduziu a quase zero a interferência da burocracia estatal no cotidiano das pessoas e das organizações empresariais.
Na reunião com o presidente da Adece, os  empresários perguntaram o que deseja mesmo o Estado do Ceará: atrair investimentos ou afastar de vez o investidor? Na opinião deles, não tem sentido a série de exigências a que estão submetidas as pessoas – obrigadas, por exemplo, a desnecessários reconhecimentos de firma e a autenticações de documentos, ou, ainda, a renovar, anualmente, uma licença ambiental “com o exclusivo objetivo arrecadatório”.
O excesso de burocracia, no Ceará e nos demais estados brasileiros, estorva o desenvolvimento, inibe investimentos, estressa o investidor, frustra o produtor e reduz a oferta de empregos.
Eduardo Neves ouviu a sugestão no sentido de que o Governo cearenses aproveite a elaboração do Plano Ceará 2050 para criar, dentro dele, uma nova, moderna e enxuta burocracia, para o que bastará copiar a experiência paranaense, que está disponível na internet. “É simples resolver o problema da burocracia, pois se trata de uma decisão – do verbo decidir – do Governo”, disse um agropecuarista ao presidente da Adece.
Por Egídio Serpa

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Delegados de Nova Russas, Tamboril e Novo Oriente pedem transferência para outras delegacias.

Resultado de imagem para delegado bruno rocha
Delegado de Nova Russas Bruno Rocha natural do Piauí


Resultado de imagem para delegado augusto soares de tamboril
Delegado de Tamboril Augusto Soares



 natural de Minas Gerais


Delegado de Novo Oriente, Emerson Farias natural São Paulo

Com a posse dos 646 novos policiais civis pelo governador Camilo Santana na última quarta-feira (20), sendo 86 delegados, 188 escrivães e 372 inspetores no mês de julho estarão efetivados para reforçar o trabalho da polícia judiciária na capital, região metropolitana de Fortaleza e Interior, ampliando o número de delegacias, incluindo 24 horas, e de equipes especializadas. Em nossa região, haverá mudanças de delegados e municípios que até então não tinham delegados titulares deverão ter. Alguns delegados insatisfeitos, pediram transferência para outras delegacias.Os delegados de Nova Russas Dr. Bruno Rocha, de Tamboril Dr. Augusto Soares e de Novo Oriente, Dr. Emerson Farias já comunicaram o desejo de saírem desses delegacias ao diretor do DPI/Norte, Delegado Marcos Aurélio. 
No próximo mês serão designados delegados titulares para Tamboril, Nova Russas, Ipueiras (sem delegado) e Novo Oriente. A tendência é que os recém-formados, nomeados e empossados assumam essas delegacias. O delegado de Independência Dr. Fernando Veiga está satisfeito na cidade e vai continuar. Em Crateús, Dra. Ana Paula Scott segue como titular na delegacia regional. A expectativa é que nos próximos 10 dias, a alta cúpula da SSPDS e polícia civil do estado anunciem e divulguem nomes dos novos delegados que assumirão delegacias de municípios da nossa região, como também inspetores e escrivães. Com a nova leva de policiais civis, haverá remanejamento, transferência e provavelmente mudanças nos comandos de departamentos e delegacias (distritais, metropolitanas, regionais e especializadas). 

Com informações do blog Ipaporanga noticias