domingo, 1 de julho de 2018

Haja dinheiro! Defesa de Lula já entrou com 78 recursos apenas no caso triplex. Quem paga os honorários é o povo, que sequer têm direito a um defensor público



A defesa de Lula protocolou, até o momento, 78 recursos e questionamentos judiciais no caso do triplex do Guarujá, registra o Estadão.
Todos estes recursos – especialmente os feitos ao STF – são caríssimos, além das altíssimas custas dos advogados, há taxas recursais muito altas.
Não se sabe a origem do dinheiro que continua financiando a defesa de Lula, alguns dizem que são lucros de “palestras” supostamente proferidas pelo ex-presidente, mas há grande desconfiança de que seja dinheiro roubado.
A defesa de Lula mantém no seu time o renomado jurista Sepúlveda Pertence, que já foi inclusive presidente do Supremo, seus honorários são sigilosos, mas estima-se que seja o advogado mais caro do país, especulou-se na imprensa que estaria recebendo entre R$ 50 e R$100 milhões para defender Lula.
Segundo o levantamento do jornal do Estadão, os recursos incluem mandados de segurança, reclamações e habeas corpus, que foram apresentados entre fevereiro de 2016 e sexta-feira passada a Sergio Moro, ao TRF-4, ao STJ e ao STF.
A grande maioria dos recursos foi indeferida ou não reconhecida pelos magistrados, são apenas medidas protelatórias e ‘esbanjamento’ de dinheiro.
Com Informações do Estadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário