sexta-feira, 18 de maio de 2018

AL inabitada no dia de trabalho duro - Dos 46 deputados, somente 12 apareceram para a sessão

Além dos corredores às escuras, é possível ver uma Assembleia Legislativa vazia, tendo por consequência sessão cancelada por falta de deputados.
De acordo com o Regimento da Casa, o funcionamento deve ocorrer de segunda a sexta-feira, mas na prática, não é isso que vem acontecendo. Por exemplo, nesta sexta-feira (18/5), só compareceram 12, dos 46 parlamentares, sendo necessário o número mínimo de 16 deputados para a abertura da sessão.
Imagem de divulgação da Web
Base e Oposição
Para os parlamentares da oposição, a ação faz parte da manobra do Governo, com o objetivo de evitar debates sobre assuntos que não agradam a situação, como o tema da segurança, um dos pontos mais fracos de Camilo Santana.
Já os políticos da base governista alegam que o ano é eleitoral, e os parlamentares precisam se movimentar e atuar nas bases eleitorais.
Populares
O cidadão que decide visitar a “casa do povo” para acompanhar os trabalhos se revolta. O aposentado José Américo, 65, que levou o neto que veio do interior para um tratamento de saúde na capital, aproveitou para apresentar como trabalham os deputados. O cidadão ficou frustrado com os corredores vazios. “Os deputados ganham muito bem e trabalham pouco, o que existe é uma falta de respeito com a população e com o eleitor. Fui perguntar se teria sessão e fui informado que nem o presidente da casa estava presente”, afirma.
O deputado estadual Ely Aguiar concorda, pelo menos em parte, com a revolta do cidadão. Segundo o parlamentar, que se diz independente, é inadmissível a atitude de alguns parlamentares, já que eles tem o final de semana e a segunda-feira para suas viagens e compromisso políticos.
Fonte: http://anoticiadoceara.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário