terça-feira, 22 de maio de 2018

Ação no STF contra deputado cearense deve ser julgada neste ano


Uma ação no supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado federal Aníbal Gomes (DEM) pode ser julgada ainda neste ano. É o que informa a jornalista Mariana Oliveira, da TV Globo, no blog do  Camarotti.

De acordo com a informação, nesta terça-feira (22),  a Segunda Turma do Supremo retoma julgamento de ação penal contra o deputado Nelson Meurer (PP-RR). A expectativa é que além dele, outros três parlamentares sejam julgados ainda em 2018, dentre eles a senadora Gleisi Hoffmann (PT-RR), por corrupção e lavagem de dinheiro, podendo ser julgada ainda neste semestre.
Há outras duas ações sendo finalizadas pelo relator da Lava Jato no STF, o ministro Luiz Edson Fachin, uma contra o senador Valdir Raupp (MDB-RO) e outra contra Aníbal Gomes, esta  por fraude. As duas devem ser liberadas para julgamento ainda neste semestre, mas de acordo com a informação, só deverão ser julgadas depois do recesso de julho.
Em fevereiro passado, a  Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal  a condenação de Aníbal Gomes  e a aplicação de uma pena de 40 anos de reclusão por corrupção (ativa e passiva) e lavagem de dinheiro. Na ocasião, o parlamentar disse ao Diário do Nordeste que esperava uma decisão final do Supremo “em abril ou maio” e se mostrou convicto de que será inocentado das acusações feitas no âmbito da Lava-Jato.
“Recebi a notícia com naturalidade. Já era esperada. A função do Ministério Público é acusar. Estou tranquilo. As denúncias não têm fundamento. Não há provas. Estou confiante de que terei um desfecho favorável. Vou concorrer a um novo mandato em outubro”, afirmou.

Blog do Roberto Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário