terça-feira, 25 de março de 2014

Em protesto, vereadores de oposição abandonam plenário da câmara de Nova Russas

Os 6 vereadores de oposição se retiraram após a rejeição da maioria pelo projeto, que propõe a extinção do pau-de arara no transporte escolar. 
Zé Roberto, e os demais vereadores da base situacionista questionaram  á forma que a oposição quer redigir os trabalhos.
10152957_1418657691721717_1498139304_n
Protestos pelo Fim do Pau – de – Arara
(foto: Divulgação)
Ontem 24 de Março, na Sessão Legislativa, aconteceu o tão esperado parecer da comissão a cerda do projeto da vereadora Antônia Freitas “Toinha do Capitão”.  O Parecer afirmava INCONSTITUCIONAL o projeto que visava à adequação do transporte escolar, acabando assim o trafego de Paus de Arara para tal mobilidade.
Os membros da comissão, Luis Teixeira Freitas , Emilia Mendes Guedes  foram de acordo com o relatório da INCONSTITUCIONALIDADE do projeto, apenas o membro  Sebastião Gonçalves Rosa, foi  desfavorável ao parecer.  Já que dois aprovaram o relatório que diz, que a matéria  não é de competência da Câmara Municipal, logo em seguida , nos parâmetros  das leis que regem a casa Legislativa  ( Art. 85 Regimento Interno ), foi para aprovação do Plenário o parecer da Comissão. Com  poder de submeter a aprovação do parecer,  aconteceu o que todos já imaginavam  7 votos a  6. Sendo assim arquivado o projeto de autoria  da vereadora Antônia Freitas. Logo em seguida, os 6 (seis) vereadores  que votaram contra o parecer, se retiraram de imediato  da Sessão em forma de repudio.
972840_1418647271722759_473077334_n
Foram eles: Kátia Santos, Karla Loiola, Luis Denílson, Kapita, Rejane Tavares e a vereadora Antônia Freitas.
Com a saída dos vereadores, e com a desaprovação do projeto, boa parte do público se retirou indignada com  atitude dos vereadores de situação. Mesmo com a saída  foi seguida de forma normal a Sessão Legislativa . No uso da palavra os vereadores que permaneciam na casa do povo, é claro os que votaram a favor do parecer, questionaram a posição dos vereadores que se retiraram daquele momento, e até deram nome para tal situação, “FRAQUEZA” da oposição.
O Vereador Zé Roberto, foi um dos que ficou mais indignado com a atitude ali presenciada.
“… da forma que a OPOSIÇÃO quer conduzir os trabalhos nós não podemos aceitar, vamos aceitar como a lei manda, nós estamos aqui para fazer o papel da lei, do certo… eles não tem competência de estarem aqui presenciando o final da sessão conosco. Isso é tudo combinado..vereador ínsita dá dinheiro a “caba” eleitoral pra trazer gente pra fazer baderna aqui dentro, em comprovo o que estou falando. Isso não é papel para vereador isso é papel pra mundiça ¹” Disse Zé Roberto.
E Foi dessa forma que os trabalhos Legislativos foram regidos em 24 de Março de 2014.
fonte - Voz Ativa Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário